Notícias

Notícias

World Press Photo apresenta a Primavera Árabe no centro dos acontecimentos

Maior exposição internacional de fotojornalismo começa dia 8 de maio na Caixa Cultural Rio de Janeiro

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro e a Capadócia Produtora Cultural apresentam, de 8 de maio a3 de junho, a 55ªedição da World Press Photo (WPP), a mais importante exposição de fotojornalismo do mundo. Com entrada franca, a exposição, que reunirá 170 registros de 57 fotógrafos, estará aberta ao público de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 21h. A WPP – que tem patrocínio da Caixa Econômica Federal, Oi e apoio do Oi Futuro – traz as melhores imagens publicadas na imprensa ao redor do mundo em 2011, cobrindo diversos assuntos, como política, economia, esportes, cultura e natureza.

Não é de hoje que a nossa janela para o que acontece no mundo é o fotojornalismo. É através do trabalho – muitas vezes de risco – desses fotógrafos que vemos, com nossos próprios olhos, o que um texto apenas relata e descreve. E, muitas vezes,isso nos permite enxergar algo além das palavras. Foi assim que, durante o ano passado, acompanhamos a chamada Primavera Árabe, que teve seu ponto de partida em dezembro de 2010, quando um jovem tunisiano ateou fogo em seu próprio corpo, protestando contra as condições do país. O então presidente Ben Ali renunciaria e a Primavera Árabe tinha, naquele momento, seu pontapé inicial, seguindo por acontecimentos posteriores em diversos países como Líbano, Argélia, Iraque, Marrocos e Kuwait, entre outros.

A grande vencedora da World Press Photo 2012 é a foto-ícone desse período, feita pelo espanhol Samuel Aranda durante os confrontos em Sanaa, Iêmen, em 15 de outubro de 2011. Na imagem vemos uma mulher, com um véu preto e o rosto completamente encoberto, com o filho ferido em seus braços, dentro de uma mesquita que vinha sendo usada como hospital por manifestantes. O fotógrafo estava em missão pelo New York Times e registrou essa imagem que, em muitos aspectos, transparece uma ligação bíblica com a figura da Pietá. O presidente do júri da World Press Photo, Aidann Sullivan, na ocasião do anúncio da foto vencedora, falou: “Nós talvez nunca saberemos quem é esta mulher, segurando um parente ferido, mas juntos eles se tornam uma imagem viva da coragem das pessoas comuns que ajudaram a criar um capítulo importante na história do Oriente Médio”.

Produtora da exposição e representante da instituição holandesa World Press Photo no Brasil, Flávia Moretti destaca o quão emblemática é a foto vencedora desta edição: “Samuel Aranda, ao registrar um momento íntimo, de cuidado e carinho entre mãe e filho, traz à tona a discussão sobre o papel da mulher na guerra. A foto do ano é tocante, política e bíblica”.

A Primavera Árabe também está retratada na foto vencedora na categoria“Notícias em Destaque – Single”, com rebeldes resistindo contra o líder líbio Muamar Kadafi, e também em “Notícias em Geral – Single”, com um registro do italiano Alex Majoli. Na foto, manifestantes choram, cantam e gritam em uma praça no Cairo, após presenciarem o discurso em que o presidente egípcio Hosni Mubarak afirma que não deixaria o poder. Mubarak, no entanto, renunciaria onze dias depois à presidência do Egito.

Além de Aranda e Majoli, o júri premiou em nove categorias outros 55 fotógrafos de diversos países como Afeganistão, Argentina, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Japão, África do Sul, Espanha, Suécia, Reino Unido, EUA e México, entre outros. No total de inscritos, entre fótografos profissionais, fotojornalistas e fotógrafos documentais, estavam 5.247 fotógrafos de 124 países, totalizando 101.254 imagens que foram avaliadas por um júri de 19 profissionais que esteve reunido em Amsterdã – sede da World Press Photo – entre janeiro e fevereiro desse ano.

Especialmente sobre a World Press Photo desse ano, Flávia Moretti ressalta:“A WPP de 2012 tem um caráter muito mais de panorama atual e impactante dos acontecimentos mundiais do que um viés de retrospectiva histórica.”

Fotos dão volta ao mundo mostrando desde esportes a tsunami no Japão
Como acontece em todos os anos, a WPP traça um panorama do que aconteceu no mundo,sempre abordando diversos temas em diferentes categorias como esportes, cultura e entretenimento, retratos e outros temas de verve mais forte e impactante.
Em 2011, além de acompanhar os acontecimentos nos países árabes, o mundo também assistiu e sofreu com os japoneses, quando um terremoto de magnitude 9.0 atingiu a região de Fukushima e arredores, provocando assim um tsunami que destruiu cidades e devastou populações. Esses acontecimentos aparecem na categoria “2º Lugar Notícias em Geral -Série de fotos”, com o italiano Paolo Pellegrin. E a mostra segue com uma modelo nas ruas de Dakar, Senegal, com o “2º Lugar em Arte e Entretenimento – Single;a “Guerra dos Rinocerontes”, com o “1º Lugar em Natureza – Série de fotos”; o rosto de uma atriz iraniana em “1º Lugar Retratos – Single” e cinco atletas enquadrados em uma mesma foto que registra um treino de salto ornamental, que ficou com o “2ºLugar em Esportes – Série de fotos”, entre outras imagens.

Menção Especial
Com o avanço tecnológico cada vez mais rápido e presente, é normal que o fotojornalismo caminhe ao lado de registros amadores, que, em determinadas situações, se fazem necessários e fundamentais. Com isso em pauta, o júri decidiu dar a “Menção Especial em 2012” para a imagem de um combatente do Conselho Nacional de Transição da Líbia puxando o ditador Muammar Kadafi para dentro de um veículo militar. A imagem foi retirada de um vídeo filmado em Sirte, na Líbia, em 20 de outubro de 2011.
O presidente do júri Aidan Sullivan comentou: “A fotografia capta um momento histórico, uma imagem de um ditador e sua morte que, de outra forma, não teria sido vista se não tivesse sido fotografada por um membro do público.”
O júri considera um documento visual para uma “Menção Especial” quando a imagem em questão desempenha um papel essencial na cobertura jornalística do ano, a qual não poderia ter sido feita por um fotógrafo profissional.

Serviço
WORLD PRESS PHOTO 2012

Local: CAIXA Cultural RJ (Av. Almirante Barroso, 25 –Centro – 2544-4080)
Horário: Terça a sábado, das 10h às 22h. Domingo, das 10h às 21h
Entrada franca
Classificação 16 anos

Foto vencedora da WPP 2012 – por Samuel Aranda (Espanha)

Rua Voluntários da Pátria, 190 / 501
Botafogo – Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22270-010
Tels.: (21) 2226.1346 / 2226.1347 / 2539.0775
Copyright © 2010 Factual. Todos os direitos reservados.