Notícias

Notícias

Ariano Suassuna – Arte como missão

Projeto chega ao Rio de Janeiro, apresentando uma aula-espetáculo com o próprio Ariano,
uma exposição inédita de fotos e um ciclo de filmes

Ariano Suassuna

Depois de passar por Brasília e Fortaleza, chega ao Rio de Janeiro o projeto ‘ARIANO SUASSUNA – ARTE COMO MISSÃO’, que será aberto pelo próprio dramaturgo, romancista, poeta, ensaísta e imortal paraibano, de 86 anos, com uma aula-espetáculo, neste sábado (dia 3/8), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, aberta ao público e com entrada franca.

O projeto envolve ainda um ciclo de filmes (dias 3 e 4/8) e uma exposição inédita de fotos de Alexandre Nóbrega (de 4 a 18/8), ambos na CAIXA Cultural, no Centro. Do Rio de Janeiro, ‘ARIANO SUASSUNA – ARTE COMO MISSÃO’ segue para outras quatro capitais: Recife, Salvador, Curitiba e São Paulo.

Idealizado por Elias Sabbag e Marcos Azevedo, o projeto tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. “Ariano é considerado o principal escritor em atividade no país. O conjunto de sua obra revela uma valorosa contribuição à literatura e cultura brasileiras”, explica Elias Sabbag.

Ariano Suassuna1.baixa

AULA-ESPETÁCULO COM ARIANO SUASSUNA

Em sua aula-espetáculo, que reuniu 1.500 pessoas no Teatro Nacional (Brasília) e outros 1.900 espectadores em Fortaleza (entre o público que lotou o anfiteatro e as mais de 1.200 pessoas que acompanharam ao vivo pelo telão instalado do lado de fora), Ariano Suassuna, considerado um dos grandes defensores da cultura brasileira, fala sobre arte, mercado e identidade cultural. “Arte pra mim não é produto de mercado. Podem me chamar de romântico. Arte pra mim é missão, vocação e festa”, afirma mestre Ariano, como é conhecido.

Autor de grandes obras como O Auto da Compadecida (adaptada para a TV e o cinema por Guel Arraes), A Pedra do Reino (adaptada para a televisão por Luiz Fernando Carvalho) e Uma Mulher Vestida de Sol (sua primeira peça de teatro), Ariano Suassuna se destaca na cena cultural por uma obra literária de alcance universal, que atinge todas as camadas sociais e públicos, tendo sempre como protagonista a cultura popular brasileira.

Mantendo uma invejável coerência de princípios que percorrem toda sua obra, Suassuna também se faz presente na cultura brasileira através da influência exercida em inúmeros outros artistas, movimentos culturais e no debate intelectual.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

O projeto ‘ARIANO SUASSUNA – ARTE COMO MISSÃO’ inclui ainda uma mostra com 30 fotos até então inéditas, feitas pelo artista plástico e fotógrafo Alexandre Nóbrega ao longo dos últimos dez anos. Alexandre tem uma convivência muito próxima com o escritor, acompanhando-o nas viagens que faz pelo Brasil e participando de momentos descontraídos do cotidiano de Ariano. Suas fotos, portanto, revelam momentos únicos e inusitados, como o imortal lendo um livro, deitado no chão do saguão de um aeroporto à espera de um voo atrasado. As imagens também mostram suas andanças pelo interior de estados como Paraíba e Pernambuco, seu descanso na casa do Recife e muito mais.

A exposição, com entrada gratuita, fica em cartaz de 4 a 18 de agosto, das 10h às 21h, na CAIXA Cultural, no Centro do Rio.

CICLO DE FILMES

Já a mostra de cinema, que ocupa as salas da CAIXA Cultural dias 3 e 4 de agosto (sábado e domingo), reúne oito títulos nas categorias ficção e documentário. A produção na área audiovisual relativa ao pensamento, vida e obra de Suassuna é vasta e inclui desde filmes como O Auto da Compadecida, de Guel Arraes, e o documentárioO sertãomundo de Suassuna, de Douglas Machado, até produções adaptadas originalmente para a televisão, como A Pedra do Reino, A farsa da boa preguiça e O Santo e a porca.

Ariano Suassuna2a

SOBRE ARIANO SUASSUNA

Romancista, dramaturgo, ensaísta, poeta e principal teórico do Movimento Armorial, Ariano Suassuna se tornou íntimo dos brasileiros com a adaptação de sua obra-prima O Auto da Compadecida (romance de 1955) em minissérie para a TV (Rede Globo), em 1999. Desde muito antes disso, porém, as reflexões de Suassuna vêm ajudando a construir e discutir a identidade cultural brasileira. O debate intelectual proposto pelo autor tem alcançado visão graças à clareza e coerência de seus pensamentos.

Grande defensor e profundo conhecedor da cultura popular brasileira, mestre Suassuna ocupa a cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL) e também tem assento na Academia Paraibana de Letras. O autor possui obras traduzidas para sete idiomas, além do português.

SERVIÇO | ‘ARIANO SUASSUNA – ARTE COMO MISSÃO':

AULA-ESPETÁCULO
Local: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
Data/horário: Sábado, dia 3 de agosto, às 12h
Entrada franca, por ordem de chegada (sujeito à lotação do teatro). A bilheteria abrirá às 11 horas.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA
Local: Foyer da CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Av. Almirante Barroso, 25, Centro.
Abertura e coquetel: dia 3 de agosto, a partir das 17 horas.

Visitação: de 4 a 18 de agosto, das 10 horas às 21 horas
Classificação etária: 12 anos
Entrada franca!

CICLO DE FILMES
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 1 – Av. Almirante Barroso, 25, Centro
Data: dias 3 e 4 de agosto (sábado e domingo)
Horário: ver programação acima
Entrada franca!

Programação |Sábado – dia 3/8:

13h – O Sertãomundo de Suassuna
Direção: Douglas Machado

15h- O Auto da Compadecida
Direção: Guel Arraes

17h – O santo e a porca
Direção: Mauricio Faria

19h – Princesa do Sertão
Direção: Deraldo Goulart

Programação | Domingo – dia 4/8:

13h – Quaderna
Direção: Alexandre Montoro
Uma mulher vestida de sol
Direção: Luiz Fernando Carvalho

15h- Música Armorial
Direção: Ana Paulo Campos
A farsa da boa preguiça
Direção: Luiz Fernando Carvalho

16h30 – A Pedra do Reino
Direção: Luiz Fernando Carvalho

Rua Voluntários da Pátria, 190 / 501
Botafogo – Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22270-010
Tels.: (21) 2226.1346 / 2226.1347 / 2539.0775
Copyright © 2010 Factual. Todos os direitos reservados.